Todos os posts de Editor Front

A velha normalidade na educação

Natiele Gonçalves Mesquita, educadora e integrante do Front Até 2010, 45% da população brasileira maior de 18 anos não tinha concluído o ensino fundamental [1]. Este foi o melhor cenário da educação brasileira até então.  O direito à educação pública é algo recente na nossa história. Pergunte a seus pais e avós. O acesso e

Ler mais

Por que aproxima-se uma onda de fome no Brasil

Pandemia não é única responsável. Relatório da Oxfam aponta: “austeridade” aprofundou desigualdades e agricultura camponesa foi sabotada pelo governo. Corporações e agronegócio ficaram livres para ditar os preços dos alimentos… Por Maister F. da Silva, integrante do Front. Relatório lançado ontem pela Oxfam confirma o que pesquisadores, movimentos sociais e ativistas contra a fome alertavam

Ler mais

O Coronavírus provocou uma tempestade perfeita de nacionalismo e especulação financeira

Yanis Varoufakis, economista membro da ”Internacional Progressista”. Poucas oportunidades foram tão boas em combinar as forças do nacionalismo e da especulação financeira quanto a que vemos hoje com o surgimento do Covid-19, conhecido como coronavírus. Quando o Covid-19 se espalhou da China para a Itália, até os europeus que normalmente apreciavam as fronteiras abertas se

Ler mais

Todos começamos com Marta Harnecker

por Miguel Enrique Stédile, do Front Em uma entrevista, o então vice-presidente boliviano Alvaro Garcia Linera e o deputado espanhol Pablo Iglesias trocavam impressões sobre obras clássicas e sobre a iniciação política de cada um, quando o dirigente espanhol sentenciou: “todos começamos com Marta Harnecker”. A definição é precisa não apenas para dois expoentes mais

Ler mais

Sinais da retomada da luta pela hegemonia

por Lauro Almeida Duvoisin, integrante do Front O cenário político atual está nos ensinando várias lições. Como sempre, a crise produz um acirramento das contradições e um aceleramento do tempo histórico. Um dos aprendizados que está em curso no interior da esquerda é a retomada da luta pela hegemonia na sociedade. Um sinal importante disso

Ler mais

Candinhos: ofícios precarizados e periféricos do nosso tempo.

Miguel Enrique Stédile Há um conto de Machado de Assis, “Pai contra Mãe”, cujo personagem principal chama-se Cândido Neves, conhecido como Candinho. Um rapaz que “tinha um defeito grave (…) não aguentava emprego nem ofício, carecia de estabilidade”. Candinho tentara a tipografia, o comércio, cartório, carteiro, caixeiro… e por fim, como pretendia casar, contentou-se em

Ler mais