O FRONT – Instituto de Estudos Contemporâneos é uma associação voltada para o estudo da realidade atual e aberta a todos aqueles que pretendem compreender as modificações que estão em curso no século XXI.

A nossa forma de atuação envolve a promoção de cursos, palestras, debates, publicações e ações formativas organizadas individualmente ou em parceria com outras associações ou movimentos da sociedade civil.

O termo FRONT refere-se à fronteira. Tanto à fronteira das transformações que estão em curso no momento atual, quanto à fronteira do nosso conhecimento sobre essas transformações que muitas vezes confundem o mito e a realidade. Por isso, algumas de nossas áreas de interesses são as mudanças na dinâmica do capitalismo contemporâneo e seus efeitos nas diversas áreas da vida social. Assim, o nosso interesse está sintetizado em três eixos principais: novas dinâmicas na reprodução do capital; reorganização do Estado; reconfiguração das classes sociais.

Eixos Temáticos

Nossa atuação é organizada em três eixos temáticos:

Novas Dinâmicas do Capital: onde procuramos investigar os fenômenos contemporâneos do capitalismo e suas tendências, em especial aquelas determinadas pela financeirização.

Reorganização do Estado: cujos objetivos são compreender as novas formas e comportamento do aparelho estatal seja em suas expressões jurídicas, políticas ou econômicas.

Reconfiguração das classes sociais: dedicado a compreender as transformações no Mundo do Trabalho transversal com as questões de gênero e raça.

Conselho Político

O Conselho Político do Front é uma instância consultiva para alimentar a atuação do nosso Instituto com pluralidade de representações e opiniões.

O Conselho Político do Front é formado por Adalberto “Pardal” Martins (COCEARGS), Ayrton Centeno (Brasil de Fato), Bernadete Menezes (Fundação Lauro Campos), Glaucia Campregher (UFRGS), Jacques Alfonsin (Acesso), Marco Weissheimer (Sul21) e Mari Peruzzo (Partido dos Trabalhadores).

Diretoria

A Diretoria do Front para a gestão 2018-2021 é composta por:

Lauro Allan Almeida Duvoisin (coordenador geral).

Manoela Correa Huck (Secretária) .

Miguel Enrique Stédile (tesoureiro).